D-Motions

Página Principal
Categorias Indicadores Offline ou Pré-social 1º estádio Iniciado ou Channel 2º estádio Emergente ou Permeável 3º estádio Estratégico ou Operacional 4º estádio Otimizado ou Orgânico 5º estádio
Posicionamento e caracterização da organização
  • Cultura
  • Liderança / direção
  • Governança / alinhamento
  • Visão e estratégia
  • Indefinida / desconhecida
  • Centralizada / controlada
  • Desestruturada
  • Inexistente / Sobrevivência
  • Reativa
  • Hieráquica
  • Não formal
  • Funcional
  • Permeável/emergente
  • Permeável
  • Organizada
  • Consensual
  • Centrada no cliente Colaborativa
  • Colaborativa
  • Formal
  • Colaborativa
  • Centrada nas pessoas Inteligência coletiva
  • Distribuída
  • Informal
  • Organizacional / Distribuída
Abordagem Organizacional
  • Comunicação
  • Recursos humanos
  • Investimento
  • Desconhecedora
  • Não aplicável
  • Não aplicável
  • Orgânica
  • Indefinida
  • Reduzido
  • Departamento único
  • Semiprofissional
  • Orçamento definido
  • Guiada por procedimentos
  • Profissional
  • Intencional
  • Guiada por experiências
  • Nativo / especializado
  • Relativo
Envolvimento com o stakeholders
  • Relação c/ cliente
  • Políticas e procedimentos
  • Sentido de comunidade
  • Gestão da comunidade
  • Não aplicável
  • Não aplicável
  • Utilitária
  • Não formal
  • Emissor
  • Restritas
  • Hierarquia
  • Formal
  • Acolhimento/anfitriã
  • Moderadas
  • Emergente
  • Explícita
  • Compromisso
  • Facilitadoras
  • Comunidade
  • Estratégica
  • Colaboração
  • Disponível
  • Networks
  • Integrada
Tecnologia e Integração de ferramentas 2.0
  • Ferramentas e aplicações
  • Arquiteturas e plataformas
  • Gestão de conteúdos
  • Desconhecedora
  • Inexistentes
  • Desestruturada
  • Experimental
  • Web 1.0
  • Unilateral
  • Ligação
  • Funcional
  • Centralizada
  • Software social
  • Orgânica
  • Interativa
  • Integração transversal
  • Rich Internet Applications
  • Colaborativa
Performance
  • ROI Monitorização e avaliação de resultados
  • Lucros
  • Projeto
  • Monitorização
  • Atividades e conteúdos
  • Comportamentos e resultados

FICHA TÉCNICA

O Modelo Teórico de Maturidade em Comunicação Estratégica Digital é propriedade intelectual de David Monteiro, publicado no livro “COMUNICAÇÃO 2.0 – Como o Poder da Web Influencia Decisões e Desafia Modelos de Negócio”, editado pela ACTUAL Editora, chancela do Grupo ALMEDINA.

AUTOR © DAVID MONTEIRO

Teste a sua Posição

O Modelo Teórico de Maturidade em Comunicação Estratégica Digital é uma abstração da realidade e pretende assumir-se como mais um instrumento de monitorização e avaliação do ambiente digital que vive na sua organização. Tenha presente ao longo do questionário as características particulares da sua área de actividade e todos os elementos que envolvem a sua área de negócio. O teste é composto por e questões, relativas a cada um dos indicadores, o que perfaz um total de 45 perguntas. No final receberá a descrição do seu posicionamento gratuitamente. Se tiver dúvidas, contacte-nos.

Testar
0 / 45
  • Com respeito à sua organização, pode afirmar que os seus colaboradores tendem a adoptar uma postura:

  • Com respeito à sua organização, pode afirmar-se que os colaboradores:

  • No plano geral de comunicação, pode afirmar que a comunicação interpessoal:

  • Com respeito à sua organização, pode afirmar que a mesma se carateriza por:

  • Com respeito à sua organização, pode afirmar-se que os colaboradores:

  • Com respeito à comunicação do líder, entende que os seus colaboradores valorizam:

  • Com respeito à sua organização, pode afirmar que a mesma se carateriza por:

  • Com respeito à sua organização, pode afirmar que a tomada de decisão:

  • Quanto ao grau de dependência do planeamento da comunicação relativamente às decisões da direcção geral, pode afirmar-se:

  • Com respeito à sua organização, pode afirmar que os colaboradores:

  • Com respeito à direcção da organização, pode afirmar-se que os seus dirigentes:

  • No que respeita à sua organização, em que medida considera que o cumprimento dos seus objectivos podem beneficiar com a presença online da sua marca:

  • Com respeito aos fluxos de informação, reconhece que na sua organização:

  • No que respeita aos canais de comunicação digital disponíveis na sua organização, pode afirmar que a atitude prevalecente dos colaboradores sobre os mesmos é:

  • Considerando a sua organização, o departamento de marketing e comunicação é:

  • Com respeito à sua organização, pode afirmar-se que a forma de comunicar entre os seus colaboradores é:

  • Sobre a iniciativa de propostas de acções de formação no domínio da comunicação, pode afirmar:

  • Com respeito à direcção de comunicação, entende que os colaboradores reconhecem a esta:

  • Os seus objectivos gerais para o domínio digital passam essencialmente por:

  • Pensando nos seus concorrentes, pode afirmar que a presença online daqueles para o seu negócio é:

  • Quanto ao orçamento disponível para comunicação digital, pode afirmar que:

  • No que respeita à relação com o cliente, a sua organização em geral e o departamento de comunicação em particular revelam:

  • Na relação que estabelece com os seus clientes e parceiros, pode afirmar que a predisposição daqueles para acções de comunicação digital:

  • Sobre a gestão de comunidades online, pode afirmar que:

  • Considerando os meios e os circuitos através dos quais se processa a comunicação entre os colaboradores, pode afirmar que as acções de comunicação digital:

  • Sobre a política e os procedimentos da presença online, na relação com os stakeholders, pode afirmar que:

  • No que respeita a conceitos como: propriedade intelectual; direitos de autor; SPAM; privacidade; crises e planos de contingência; acesso ilegítimo a dados pessoais – pode afirmar que:

  • Na relação que estabelece com os seus seguidores/utilizadores online, pode afirmar que:

  • Considere o recurso à comunicação informal nos processos de comunicação interna e externa. Pode afirmar:

  • Com respeito à direcção da organização, os programas comunicacionais existentes revelam:

  • Quanto aos intervenientes no processo de dinamização da comunicação digital, pode afirmar-se que na sua organização:

  • Para a gestão do plano de comunicação digital considera que:

  • No que respeita à frequência da sua comunicação digital com os seus stakeholders, pode afirmar que:

  • No que respeita à sua organização, em que medida considera que o desempenho da sua actividade regular está dependente do acesso à informação:

  • Daqueles que a seguir elencamos, quais os canais que já utiliza para apoio ao cliente:

  • No que respeita aos equipamentos e softwares indispensáveis à comunicação digital, pode afirmar que:

  • Daquelas que a seguir elencamos, quais as plataformas que já utiliza para a comunicação interna:

  • Considerando as motivações da presença online da sua organização, que afirmação melhor descreve a situação actual sobre as tácticas a que recorre actualmente para comunicação digital:

  • No que respeita à gestão da produção de conteúdos para plataformas digitais, pode afirmar que:

  • No que respeita à produção de conteúdos para plataformas digitais, pode afirmar que:

  • Ao receber um alerta de comentário online negativo sobre a sua organização, pode afirmar que a tendência natural de gerir essa situação passa por:

  • Relativamente à estrutura do serviço de comunicação, a sua organização dispõe:

  • Considerando intervalos de investimento em performance no digital, pode afirmar que o orçamento no último plano que desenvolveu situou-se num intervalo entre:

  • No que respeita ao período de benchmarking e análise prévia ao planeamento da comunicação digital, pode afirmar que "realizar uma auditoria para apoiar o processo de planeamento\”:

  • Dos cenários seguintes, qual descreve melhor a etapa sobre a definição das métricas para o seu plano de comunicação: